Fertron

PRODUTOS

CLP – Citrino Redundante

O Sistema de automação redundante utilizando PLC Citrino visa reduzir risco de perda de produção por meio de operação em paralelo de dois sistemas, tolerando a falha de um dos dois sistemas. Se qualquer elemento do sistema apresentar falha, todo o conjunto é desativado e o sistema Standby assume o controle, mantendo a operação do sistema sem interrupção. Possibilidades de SwitchOver de controle: Queda de energia, falha no cabo Ethernet (link), falha no cabo PROFIBUS-DP, falha no cabo ModBus-RTU, falha no módulo PROFIBUS (MFI-PBM-2), falha na CPU (MCPU-2), forçar SwitchOver por software.

Descrição

Arquitetura de Redundância:
Toda arquitetura proposta como Sistema Redundante utilizando o PLC Citrino, obrigatoriamente deverá consistir em dois conjuntos idênticos de equipamentos no nível de controle, ou seja, se o sistema primário possui 1 Fonte (MPS-1RD), 1 CPU (MCPU-2), 1 Módulo Profibus (MFI-PBM-2), o sistema secundário deverá possuir os mesmos equipamentos tanto em quantidade quando em versões de firmware idênticas. A seguir é apresentada uma arquitetura típica de redundância em Profibus-DP.
As descrições abaixo estão relacionadas com um exemplo de aplicação para sistema redundante.
Sistema de Supervisão: conectados ao sistema redundante Citrino por meio de servidores OPC Redundante.
Fibra Óptica: a comunicação em fibra óptica entre os dois sistemas permite a troca de informações entre as duas CPUs (Sincronismo).
Sistema Redundante: na arquitetura exemplo apresentada, utilizou-se um MFI-PBM-2 (mestre Profibus) em cada um dos sistemas.
Topologia Rede Profibus: existe a possibilidade de diversas topologias de rede em Profibus, desde uma simples topologia em linha como mostrada no exemplo anterior, até aplicações com anel redundante.
Especificações Técnicas de Redundância:

  • MCPU-2: Contempla todas as características da versão ante rior (MCPU-1) com o adendo das características de redundância. Requer base BMCPU-2.
  • MPS-1RD: Contempla todas as características da versão anterior (MPS-1) com o adendo de detecção da queda de energia em 200 V/Segundos (carga máxima). Requer base BMPS1-RD.
  • MFI-PBM-2: Contempla todas as características da versão anterior (MFI-PBM) com o adendo das características da redundância. Requer base BMFI-PBM.

Produtos em Destaque

Citrino FX Tools
DCS-BT – Sensor Capacitivo Digital Microprocessado
FTT-420H – Transmissor de Temperatura 4-20mA + HART
×